Autoconhecimento

6 técnicas para eliminar a autossabotagem que está minando a sua felicidade

7 min de leitura
Junte-se a milhares de Loopers

Em menos de um minuto, você pode entrar para a nossa lista prioritária e receber conteúdos exclusivos.

É uma voz interior que não quer que você vença.

A autossabotagem é uma voz interior que não quer que você vença.

Você já ouviu essa voz?

A autossabotagem é uma forma de boicotar a sua jornada até um determinado objetivo.

Ela acontece de forma inconsciente, onde o indivíduo passa a agir contra os seus próprios pensamentos e ações.

Dessa forma, ele adquire comportamentos punitivos que influenciam negativamente na conquista dos seus maiores sonhos.

Você sabia que as pessoas no geral, costumam adotar padrões de comportamento repetitivos?

Isso acontece porque o nosso cérebro, para economizar energia, busca o tempo inteiro automatizar os nossos atos.

O problema realmente aparece quando você repete comportamentos que podem afetar negativamente a sua vida pessoal e profissional.

A autossabotagem pode ocorrer por medo de diversos fatores, como por exemplo: o hábito de repetir comportamentos ou até pelo modo de crescer pessoal e profissionalmente.

Portanto, conheça agora as melhores maneiras de identificar a autossabotagem, vamos a elas:Melhores maneiras de identificar a autossabotagem

 

  • Analise se você costuma olhar a vida de forma negativa. Quem enxerga apenas o lado negativo das coisas não consegue evoluir, pois não acredita na possibilidade de conquistas boas em sua trajetória;
  • Procure entender se você possui um grande medo de errar ou fracassar, isso faz com que você evite os riscos e não vá em direção ao desconhecido para conquistar suas metas;
  • Você cede facilmente a procrastinação? Adiar as suas tarefas constantemente pode ser um sinal claro de autossabotagem;
  • Analise se você costuma querer ter o controle de tudo. Pessoas autossuficientes tomam para si todas as tarefas para controlar os possíveis resultados delas, fazendo com que se sobrecarreguem e por fim, se sabotem;
  • Você se compara com as outras pessoas com frequência? Essa pode ser uma atitude prejudicial e clara de autossabotagem, pois quando você se sente inferior ou insuficiente em relação aos outros, sua motivação despenca e a taxa de produtividade também diminui em decorrência disso.

Você obteve as respostas?

A autossabotagem geralmente aparece para mim quando eu estou progredindo de forma excelente em um projeto.

A partir disso, surgem inúmeros pensamentos sabotadores querendo me fazer acreditar que eu não sou capaz, na intenção de paralisar os meus atos.

O mais interessante disso tudo, é que a autossabotagem de fato beira a inconsciência, já que rotineiramente você tem atitudes que podem estagnar e paralisar as suas ações, sem ao menos se dar conta disso.

Por maior que seja o seu objetivo, em algum momento você vai sentir medo de ser feliz e acaba colocando vários obstáculos na sua própria jornada.

A autossabotagem além de prejudicar o seu sucesso, aparece como um sinal de que é preciso ousadia e coragem para realizar sonhos grandiosos.

Portanto, conheça agora as melhores técnicas para se livrar da autossabotagem, são elas:

 

Melhores técnicas para se livrar da autossabotagem

 

  • Procure ter clareza em seus objetivos e relembrá-los diariamente. A autossabotagem pode aparecer, muitas vezes, por você não ter certeza dos seus planos;
  • Analise os seus comportamentos repetitivos, por exemplo: Quando você deseja cumprir todas as suas tarefas, mas escolhe assistir um vídeo no Youtube, deixando-as de lado;
  • Identifique quais comportamentos você repete, mas que pertencem a pessoas próximas de você. Assim, você conseguirá quebrá-los através da autoconsciência;
  • Observe suas crenças internas, muitas delas possuem bloqueios emocionais e impedem que você tenha mais conquistas;
  • Após todo esse passo a passo, reelabore as suas metas e retome os seus projetos da forma certa.

E aí, essas dicas ajudaram você?

Poucas pessoas ao meu redor sabem, mas após rascunhar a ideia de um projeto, se eu analisá-lo na mesma hora, me sinto, automaticamente, desmotivado.

Isso acontece porque a autossabotagem entra em ação e me faz pensar que nada do que foi feito é bom o suficiente.

Por isso, é importante que você conheça agora os principais tipos de sabotadores mentais, vamos a eles:Principais tipos de sabotadores mentais

 

 

  • A voz da crítica: É aquele sabotador que elabora uma lista de defeitos sobre você e as coisas que você faz. Ele costuma desmotivar as suas ações porque você passa a se sentir incapaz e insuficiente.
  • A voz da carência: Esse sabotador faz você pensar que deve agradar a todos para ganhar afeição. Ele estimula você a deixar de lado as suas prioridades para resolver as pendências das outras pessoas.
  • A voz da realização constante: Esse sabotador precisa atingir conquistas diárias, ou se sentirá um profissional desqualificado, prejudicando a excelência dos seus resultados.
  • A voz vitimista: É aquele tipo de sabotador que se martiriza, esgotando a sua energia mental que seria útil para as tarefas diárias.
  • A voz vigilante: É o sabotador que está atento aos problemas que irão aparecer no futuro, dessa forma, ele faz com que você esgote as suas energias e se sinta constantemente estressado ou cansado.
  • A voz controladora: É aquele que precisa controlar tudo e todos, a necessidade de controle é tão grande que ele possui dificuldades em delegar tarefas para as outras pessoas.

E aí, você já conhecia algum desses sabotadores?

Talvez você já tenha recebido pensamentos para se prejudicar, como se ao conquistar algo positivo, tivesse que perdê-lo.

Isso acontece porque está interiorizado em você, que você não é merecedor da satisfação atingida ao cumprir e realizar os seus objetivos.

Por isso, vamos conhecer agora os maiores benefícios de lidar com a autossabotagem, são eles:

Maiores benefícios de lidar com a autossabotagem

  • Ao lidar com a autossabotagem, você entende que não deve se comparar com as outras pessoas e sim encontrar inspiração nelas para agir;
  • Compreende que os erros fazem parte de uma jornada de aprendizados e que não deve temê-los;
  • Desenvolve a autoconfiança na sua vida pessoal e profissional, diminuindo as chances de se auto sabotar;
  • Passa a valorizar mais o tempo e entende que a hora de agir em função dos seus objetivos deve ser agora, no presente;
  • Se sente mais motivado para agir em direção aos resultados tão desejados, aumentando os seus picos de energia.

E aí, você está pronto?

A partir do momento que você adquire consciência sobre a autossabotagem, tudo começa a mudar.

E a mudança se reflete em todas as áreas da sua vida.

Como um efeito cascata, em que uma ação estimula outra e vai influenciando no aumento de resultados.

Ao lidar com a autossabotagem, você conscientiza a si mesmo de que precisa dar o seu melhor em todas as tarefas do seu dia e que ele é o suficiente.

Falhas e erros podem aparecer, mas você deve absorvê-los como aprendizado e experiência para progredir cada vez mais.

A autossabotagem faz com que você compreenda que a chegada ao sucesso é repleta de desafios, inclusive impostos por você mesmo, pois os seus limites podem ser mais mentais do que físicos.

Portanto, vamos conhecer os tipos de hábitos de pessoas que cedem a autossabotagem, são eles:

Hábitos de pessoas que cedem a autossabotagem

  • Adiar tarefas com um alto nível de prioridade;
  • Modificar uma tarefa em busca do perfeccionismo, ao ponto de prejudicá-la e estagnar os seus resultados;
  • Deixar as suas tarefas de lado para fazer favores constantes aos outros;
  • Comparar o seu progresso com o das outras pessoas e desanimar ao pensar que está atrasado, quando na verdade cada um tem o seu próprio tempo;
  • Ter conflitos internos repetitivos sobre o que pode alcançar na sua vida.

E aí, você possui alguns desses hábitos?

A autossabotagem é um aspecto desenvolvido na infância, quando as crianças são reprimidas e apontadas pelos seus erros, muitas vezes tratados com uma gravidade maior do que o esperado.

Então, na fase adulta, as pessoas passam a se esquivar de riscos e do desconhecido, optando pela zona de conforto, impedindo a sua evolução pessoal e profissional.

No processo de lidar com a autossabotagem, além da autoconsciência para identificar o problema, você precisa se sentir seguro do seu propósito, das suas ideias e do caminho que você precisa seguir para atingir os seus objetivos.

Pois a autossabotagem é repleta de pensamentos negativos, dúvidas e crenças limitantes que podem fazer com que você se sinta inseguro das suas capacidades e habilidades.

Por isso, elaborei alguns questionamentos para identificar se você cede a autossabotagem com frequência, vamos a eles:

Como identificar se você cede a autossabotagem com frequência

  • Quais as suas maiores crenças em relação ao dinheiro e o sucesso?
  • Como você age quando está frente a frente com um desafio?
  • O que você sente após ver as conquistas dos outros?
  • Quais comportamentos você herdou da sua família?
  • Quais são os seus medos em relação a felicidade e o sucesso?

São perguntas simples, mas que podem ajudar a direcionar as suas próximas ações.

Muitas vezes a autossabotagem aparece disfarçada, justificando os seus pensamentos como se fosse intenções proativas, por exemplo: ‘’Eu preciso pensar no que pode dar errado para me prevenir.’’

Mas a verdade é que esses pensamentos só vão estimular o seu medo e bloquear as suas decisões assertivas, pois soluções criativas só aparecem quando você analisa detalhadamente o problema.

A autossabotagem também pode ser estimulada por situações e ambientes negativos como bullying e críticas destrutivas que diminuem a auto estima, gerando pensamentos sabotadores.

Se você chegou até aqui, então está pronto para aprender as melhores técnicas para lidar com a autossabotagem e atingir mais resultados.

Para absorver essas técnicas valiosas, é só continuar lendo o conteúdo.

Vem comigo!

6 técnicas para eliminar a autossabotagem e aumentar os seus níveis de felicidade [ A 5° é a minha favorita ]

1. Defina os seus porquês

Defina os motivos primordiais para você desejar atingir um determinado objetivo.

Você já os definiu?

Os seus porquês nada mais são do que os motivos primordiais para você desejar atingir um determinado objetivo.

Os porquês podem variar, por isso, eu trouxe alguns exemplos: Querer ajudar o mais número de pessoas possíveis, querer ter uma boa vida financeira, ou até mesmo viajar o mundo.

Acredito que você já consiga enxergar o seu maior porquê.

Encontrar os motivos para perseguir seus objetivos é um dos maiores remédios contra a autossabotagem.

Porque a partir disso, você dá todo sentido a sua vida utilizando aquele propósito final.

E também passa a ter uma maior consciência do seu potencial e das suas habilidades.

Assim, você entende o melhor caminho para alcançar as suas metas e tende a ter mais dificuldade em se desviar dele.

Qual seria o significado da felicidade para você agora?

2. Seja um estrategista

Analise o seu plano de ação para atingi-lo com eficácia.

É preciso ter esperteza.

Após conseguir encontrar o seu propósito e os motivos para persegui-lo, você precisa analisar o seu plano de ação para atingi-lo com eficácia.

Para isso, faça as seguintes perguntas:

  • Qual é o melhor caminho para atingir esse objetivo?
  • O que eu preciso aperfeiçoar em mim para tornar isso mais fácil?
  • Quais serão os meus obstáculos?
  • E como eu posso lidar com eles?

Uma ação sem uma direção não causa impacto algum.

Para lidar com a autossabotagem no meio da sua jornada é preciso ser um grande estrategista e driblar os desafios, focando em soluções.

A verdadeira inteligência não é aquela que memoriza conceitos, mas sim, aquela que encontra brechas e soluções onde aparenta não existir.

3. Analise os seus padrões de comportamento

Analise os seus padrões de comportamento

Isso é muito valioso.

Você não imagina a resiliência que um profissional que se autoconhece possui.

Como já foi citado aqui, nós somos cercados por padrões e os nossos comportamentos muitas vezes são herdados por pessoas próximas.

Por exemplo, alguém que acredita que o dinheiro não vem fácil, tende a ter dificuldades financeiras ao longo da sua jornada.

Ele impõe a si mesmo o limite e não prospera.

Essa crença muitas vezes vem de familiares ou amigos e acaba se enraizando sem que você ao menos perceba.

Mas ao identificar padrões em seus pensamentos e atitudes, você consegue enxergar com mais clareza de onde vieram e como acabar com eles.

Tudo que é um padrão, pode ser desfeito com um pouco de planejamento e estratégia.

4. Aprenda a driblar o medo de errar

Aprenda a driblar o medo de errar

Parece simples, não é?

O medo de errar ou fracassar está enraizado na mente da maioria dos profissionais.

Talvez você pense: ‘’Ah, mas ninguém é seguro o tempo inteiro.’’

 E você está certo.

Mas esse medo prejudica a sua trajetória quando chega a ser extremo demais, porque a partir daí as suas ações começam a serem paralisadas.

Vamos a um exemplo simples:

Se você tem medo de cachorros desde a infância, o que acontece ao dobrar a rua sozinho e encontrar um?

Você paralisa.

Mesmo assim acontece quando você tem medo do desconhecido.

O futuro é incerto e todos nós precisamos arriscar em algum momento sem saber o que vem depois.

A autossabotagem pode fazer você acreditar que errar é um ato horrível.

Mas eu digo com toda a veracidade em mim, que quanto mais cedo você errar, melhor.

Erros são a forma mais fácil e rápida de aprender e desenvolver uma experiência maior na sua área.

Por isso, não dê ouvidos a autossabotagem, ela está errada.

Erre, mas absorva o que puder para acertar da próxima vez.

5. Não seja tão perfeccionista

A autossabotagem é um grande empecilho para quem é perfeccionista

E aí, você é?

A autossabotagem é um grande empecilho para aqueles profissionais que tendem a serem perfeccionistas.

Já aconteceu comigo várias vezes de estagnar por dar ouvidos ao sabotador do perfeccionismo.

Não importa a dedicação que você empreenda em uma tarefa, ele faz você acreditar que nada ali é bom o suficiente.

Mas novamente, a autossabotagem está errada.

Você precisa se conscientizar de que o seu melhor é o suficiente em tudo que você precisa fazer.

Não existe super-homem ou mulher-maravilha, ninguém consegue atingir a perfeição.

O máximo que você consegue dar em uma tarefa é o seu melhor.

E quando você entender isso, todos os pesos serão tirados das suas costas.

O medo de errar vai ser deixado de lado, porque se você executou uma tarefa e não conseguiu aprovação, sua consciência irá tranquilizar você de que foi o seu melhor.

Mas é importante que você não deixe de procurar conhecimentos novos para agregar valor à sua jornada.

O seu melhor é o suficiente, porém a melhoria deve ser constante.

6. Seja mais empático consigo mesmo

Seja mais empático consigo mesmo

Você é daqueles que trava conversas consigo mesmo?

Eu já perdi o número de vezes que teci comentários ruins contra mim, utilizando os meus pensamentos.

É ali, escondida na sua mente que a voz crítica da autossabotagem pode impactar negativamente as suas ações.

E é incrível analisar que nós, muitas vezes, somos os maiores responsáveis pelos obstáculos que enfrentamos.

Mas para lidar com esses pensamentos sabotadores é preciso confiar no processo e tomar cuidado para não ativar o sabotador vitimista.

Entre a crítica e a culpa direcionadas a si mesmo, o resultado sempre será insatisfação e estagnação de resultados.

Por isso, seja mais cuidadoso com o que pensa sobre si, a sua opinião sempre terá mais relevância para você do que a opinião dos outros.

Observe mais os seus pensamentos e direcione-os a positividade, eles são a chave do seu sucesso.

Conclusão: A autoconsciência é bem-vinda!

A autoconsciência pode ajudar você a refletir mais sobre os padrões da sua vida.

E aí, você se sente pronto para ser mais consciente e deixar de lado a autossabotagem?

A autoconsciência anda lado a lado com o autoconhecimento e pode ajudar você a refletir mais sobre os padrões da sua vida.

Lembre-se que é identificando um problema que se encontra a solução.

Se você chegou até aqui, então aprendeu as melhores formas de identificar a autossabotagem, os maiores benefícios de lidar com ela e técnicas que podem ajudar você a trabalhar em prol de eliminá-la da sua vida.

Aprendeu como eliminar a autossabotagem e aumentar os seus níveis de felicidade?

Agora é só acompanhar o Loop de Sucesso no Instagram e no Telegram e receber motivação diária para atingir os seus objetivos.

Mas é preciso estar comprometido com o sucesso, ok?

Compartilhe esse conteúdo com os seus amigos e colegas que precisam eliminar a autossabotagem para progredirem cada vez mais.

Vamos juntos ao topo! 😀

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.